Banner Livro Música para pensar Banner Topo Pivel BANNER DATA PICOS 14 5 2018 MARCELLO ALBANO TOPO BANNER PIAUÍ SHOPPING MAIO 15 5 18 Banner Topo Colégio Santa Rita BANNER DA CLÍNICA CARDIOTRAUMA TOPO
amarca

QUINTA-FEIRA, 12 de DEZEMBRO de 2019

PACTO DE PODER

Prefeito Walmir “salva” Hugo Víctor da “guilhotina” para não perder o mandato

Hugo Víctor não apoia a pré-candidata Maria Santana, mas o Prefeito mantém os cargos sob indicação do vereador

18 de novembro de 2019

Prefeito Walmir Lima e o vereador Hugo Victor, sendo assistidos assistidos pelo governador Wellington Dias (Foto: Divulgação)

ERIVAN LIMA
Da Editoria

OPINIÃO & ANÁLISE

Os agora ex-integrantes da atual Administração Municipal, guilhotinados pelo prefeito padre José Walmir – os considerados mais importantes – são: Rosilene Monteiro (Educação), Lílian Araújo (Obras), Cláudia Mônica (Habitação) e Wedson Araújo (Transportes da Educação). Todos filiados ou ligados ao Partido dos Trabalhadores (PT); mesma sigla à qual o prefeito de Picos também é filiado. O vereador Evandro Paturí (PT) foi destituído da liderança do Governo na Câmara Municipal. Ele se queixa de nem ter recebido comunicado antes.

No discurso que fez na Câmara Municipal de Picos Evandro Paturí afirma – do seu lado – que as demissão feitas pelo padre Walmir ocorreram porque os demitidos não declararam apoio à pré-candidata Maria Santana, a “preferida” do Prefeito. Ocorre, porém, um fato curioso, e todos sabem disso. O vereador Hugo Vítor (MDB), declara, publicamente, que, também, não votará na pré-candidata do Palácio. Todavia, o emedebista passa incólume à ira palaciana e não perdeu os cargos por ele indicados.

Mesmo sendo do MDB, tenha declarado apoio ao pré-candidato Araujinho e esteja, abertamente, atuando na pré-campanha do empresário, a guilhotina do prefeito padre Walmir saltou o “pescoço” do presidente da Câmara Municipal. Como nada existe sem causa; o que isso sugere?.

O padre José Walmir já foi condenado à perda do seu mandato eletivo, em primeira entrância. Esse processo de cassação está em grau de recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral. É neste ponto que o presidente da Câmara Municipal de Picos, Hugo Victor, “cresce” de importância. Na hipótese de o padre Walmir perder a maioria da Casa Legislativa, ficará nas mãos de Hugo Víctor, que fica com a decisão de pautar um possível pedido de cassação junto à Câmara Municipal, por improbidade administrativa.

Ademais, o vereador Hugo Vítor, alguns secretários e secretárias do PT, arranchados na atual Administração, possuem estreitas ligações políticas com os chefes emedebistas que gozam de forte e notória influência na atual gestão petista municipal e, também, da influência do governador Wellington Dias. Tudo isso aponta para uma encenação, uma espécie de pacto pelo poder, onde alguns atores e atrizes procuram cumprir os seus papéis, com a expectativa de continuarem “abrigados” à sombra do poder, esteja ele com quem estiver.

A exemplo do vereador Hugo Vítor, ainda há secretária e secretários do PT, na atual Administração Municipal, que não irão votar na pré-candidata do padre Walmir. Estão na surdina e, na hora indicada pelos chefes, vão correr – como o fazem sempre – para debaixo do “guarda-sol”. São os dissimulados, que servem ao prefeito que assome ao poder. A “mudança” de postura tem sempre uma desculpa “clássica”: “Estou indo apoiar pelo projeto”. Qual é mesmo o “projeto”?

EXPRESSAS

Ladridos e dentadas

Guindados à condição de secretários municipais depois do “remanejamento” levado a efeito pelo Prefeito Municipal, alguns dos novos chefes desembarcaram no seio do poder ameaçando demissões. A queixa é de que os novos integrantes da equipe seguem a mesma “truculência” do Prefeito, como chegou a classificar o vereador Evandro Paturí.

Partido Novo

O núcleo do Partido Novo, em Picos, realiza atualmente ações mais voltadas para a formação política dos seus membros. Até o presente momento as iniciativas da pré-campanha no município de Picos têm sido objeto de análises de um modelo que parece fadado a desaparecer com o passar do tempo.

Gil paraibano e Zé Néri

O pré-candidato a prefeito Gil Paraibano (PP) e o ex-prefeito José Néri de Sousa (PTB), realizam périplos pela cidade e povoados de Picos. Eles estão em campanha e dizem que vão atuar em todas as frentes para retornarem à Prefeitura, desta vez, “juntos”. Resta saber com que gás e argumentos pretendem convencer os picoenses, também, de seus “projetos”.

Assaí será inaugurado dia 20

O Assaí Atacarejo anuncia que inicia suas atividades na próxima quarta-feira, dia 20 de novembro de 2019. Antes mesmo de abrir os portões o novo empreendimento – portentoso para a cidade de Picos – se transformou numa atração. Visitantes e frequentadores do Piauí Shopping têm circulado nas proximidades da nova loja.

Acesso direto ao Shopping

Os diretores do Piauí Shopping e do Assaí Atacadista – que também é varejo – procuram facilitar a vida dos seus clientes. Os dois empreendimentos negociaram e implementaram um acesso direto entre os dois centros de comércio. Por um portão que foi aberto, os clientes de um e do outro estabelecimento poderão fazer o deslocamento à pé, sem a necessidade de utilizar a pista da BR 316.

ELES DISSERAM

“Neste momento não sou pré-candidato a Prefeito de Picos. Mas, estou dizendo neste momento. O que poderá acontecer amanhã é outra história. Não vou dizer uma coisa hoje e amanhã falar outra”.
Coronel Edvaldo Viana – Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar

“É preciso que elejamos um prefeito que realmente se preocupe em organizar a cidade e não apenas em mandar multar, cobrar impostos e taxas. Tem muita coisa que pode ser feita com um orçamento de duzentos e quarenta milhões de reais”
José Libório Leal – Contador, consultor e empresário

Colunistas
Notícias Mais Lidas
Últimas Notícias

PUBLICIDADES

Banner Lateral – Dra. Ana Lúcia
Banner Lateral – Dr. Alisson Cavalcanti
Banner Lateral – Casa do Automóvel
Banner lateral – New Motos Honda
Banner Lateral – Central papelaria
Dia Mundial Com – Lateral