BANNER DA CLÍNICA CARDIOTRAUMA TOPO MARCELLO ALBANO TOPO Banner Livro Música para pensar Banner topo – Piauí Shopping Banner Topo Colégio Santa Rita Banner Topo Pivel Banner Topo – Datapicos
amarca

SEGUNDA-FEIRA, 18 de DEZEMBRO de 2017

ARTE NA VIDA

Seria a arte um artigo supérfluo?

É uma pena que nem todas as pessoas tenham em suas vidas tido acesso à boa cultura e a boa arte. Isto é uma verdadeira calamidade humana

13 de agosto de 2017

A música de qualidade atravessa os séculos e se imortaliza como uma das artes preferidas da humanidade

Para quem vive a dura batalha da subsistência e luta cotidianamente para ganhar o pão nosso de cada dia, falar de arte pode parecer um tema supérfluo, uma banalidade, assunto que somente diz respeito para quem já adquiriu um nível de excedente financeiro que possa se dedicar às coisas que transcendem as necessidades básicas do ser humano.

Mas, será que é assim mesmo? Seria a literatura, a música ou teatro temas que só interessam às classes abastadas? Acredito que não. Estes modos de expressão são também uma maneira de auxiliar às pessoas, de todos os níveis econômicos, a amenizar a crueza da existência. É uma pena que nem todas as pessoas tenham em suas vidas tido acesso à boa cultura e a boa arte. Isto é uma verdadeira calamidade humana.

Produzida em todos os ritmos e com os mais diferentes instrumentos a música se renova a cada dia

Talvez de todas as artes, a música seja aquela, nos dias atuais, a mais acessível para o maior número de pessoas, independentemente do seu porte econômico. Penso que não faria qualquer sentido se fazer uma hierarquia de importância das diferentes formas de arte. Qual seria a arte mais importante? A música? O teatro? A literatura ou o cinema? Qual delas vem em primeiro lugar?

Sinceramente não saberia responder. Mas, para mim é a música aquela que mais me sensibiliza. Considero a música a experiência artística mais transcendental. A boa música nos anima como também pode nos acalmar. A boa e verdadeira música ultrapassa fronteiras do tempo e do espaço. A boa música consegue juntar uma boa letra com conteúdo e poesia, um ritmo, uma melodia, harmonia e arranjos musicais. E quando a ouvimos nos sentimos melhores. Pelo menos por um momento fugaz, a vida também nos parece menos difícil.

O que é uma boa música? Como se definir uma boa música? Também não tenho respostas para estas perguntas. Mas, pensei nisso este final de semana ao tomar conhecimento da morte do grande poeta, cantor e compositor Luiz Melodia, o Pérola Negra. Para mim, ele se colocou entre os grandes da MPB e quem quiser tentar responder à pergunta o que é uma boa música, ouça seus grandes sucessos como “Juventude Transviada”, “Estácio, Holy Estácio” ou “Maura” entre outros grandes sucessos.

Luiz Melodia foi um dos artistas brasileiros que se destacou fazendo música de qualidade

Obrigado meu caro Melodia, você cumpriu muito bem sua missão aqui terra. Se você tivesse feito somente a letra de “Juventude Transviada” já teria feito o suficiente para marcar o seu nome na história da MPB e não precisaria ter feito mais nada na vida. Tenho uma enorme gratidão pelos belos momentos que você me proporcionou com a sua voz, música e poesia. Suas letras e músicas contribuíram para amenizar as dificuldades que encontramos na luta pela sobrevivência. Ouvir música não é supérfluo, é uma necessidade básica do ser humano. E a arte também é vida, para todos, não somente para uns poucos privilegiados.

————————————————————————————————————-

Otílio Rodrigues é economista, consultor empresarial e mora na cidade de Campinas (SP).

Posts Relacionados

Colunistas
Notícias Mais Lidas
Últimas Notícias

TV Folha Picoense

Solo de violão, incrível…

Publicidades

Dia Mundial Com – Lateral
Banner lateral – Sintracs
Banner Lateral – Dr. Alisson Cavalcanti
BANNER LATERAL CARDIOTRAUMA ALBANOS
Banner Lateral – Dra. Ana Lúcia
Cultura FM ap – Lateral