Banner Topo Pivel Banner topo – Piauí Shopping MARCELLO ALBANO TOPO Banner Topo Colégio Santa Rita BANNER DA CLÍNICA CARDIOTRAUMA TOPO Banner Livro Música para pensar Banner Topo – Datapicos
amarca

SEXTA-FEIRA, 15 de DEZEMBRO de 2017

PENSAR x PENSAR

Um provocação atual, seria: Será que o homem tem solução?

Da perspectiva material, temos sólidas evidências que ocorreu uma evolução positiva indiscutível, porém do ponto de vista da moral, é uma temeridade

13 de novembro de 2017

O avanço material conquistado pelo homem está presente no seu dia a dia

O homem é um animal que não tem solução. Hoje, esta afirmação pode parecer para muitos uma provocação, principalmente para as pessoas da minha geração que viveram e vivem a transição de uma era de certezas absolutas para um período de incertezas. Na nossa infância, adolescência e juventude vivíamos um tempo de valores muito claros em termos de educação, política e ética. A partir dos anos 80 o mundo todo parece que virou de ponta cabeça e agoara tudo é relativo.

Isto não quer dizer que o mundo esteja melhor ou pior do que sempre foi, pois, o mundo continua o mesmo. Na sua essência, a natureza humana permanece a mesma nestes últimos quatro milênios de civilização. Quer uma prova disso? Basta faltar energia elétrica por alguns dias ou observar o comportamento de uma multidão num estádio quando um maluco grita “fogo”. Ou observar os filhos que lutam para dividir uma herança, um casal que se divorcia ou mesmo uma simples briga de trânsito.

As ciladas do tempo passado continua se agigantando nos dias atuais com a mesma desfaçatez de antes

Atualmente, vivemos uma época em que os filósofos chamam de pós-modernidade. No mundo anterior, na era moderna, tínhamos a crença que a ciência transformaria a vida na terra em algo muito melhor. Acreditávamos também que a organização política e social caminhava para um estágio superior. Cultivávamos algumas utopias, parecia que a evolução era uma trilha sem volta. No campo da moral, os valores como verdade, justiça, o bem e o mal eram conceitos muitos bem definidos. Todas estas esperanças iluministas redundaram em frustrações.

No mundo pós-moderno tudo que era sólido se transformou em líquido. Se antes acreditávamos na razão, agora não acreditamos em mais nada. Não é uma questão de fé, é um problema de evidências. Há uma frustração generalizada em relação à política, aos governos, imprensa e instituições. Até mesmo a ciência é um constante vai vem de estudos que confirmam, negam e depois voltam a confirmar, basta ver o que ocorre no mundo da nutrição. Não sabemos mais nem mesmo o que é a verdade, a palavra mais ouvida nos dias atuais é “fake news”, notícia fabricada. As certezas de antes se transformaram em um ceticismo, desconfianças e ressentimentos.

Mesmo com a tecnologia mais refinada ao seu dispor, o homem parece encurvado para o chão

Em resumo, o animal humano não tem solução. Vivemos hoje um mundo maravilhoso da tecnologia e da ciência, atingimos um nível de conforto e comodidade que jamais imaginaram nossos avós, entretanto, no aspecto moral, talvez continuamos no mesmo estágio que vivíamos na era paleolítica. Ou como dizia o poeta: “ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais”. Da perspectiva material, temos sólidas evidências que ocorreu uma evolução positiva indiscutível, porém do ponto de vista da moral, dizer que evoluímos favoravelmente é uma enorme temeridade.

—————————————————————————————————–

Otílio Rodrigues é economista e consultor empresarial, mora em Campinas (SP).

 

Posts Relacionados

Colunistas
Notícias Mais Lidas
Últimas Notícias

TV Folha Picoense

Solo de violão, incrível…

Publicidades

Banner lateral – Sintracs
BANNER LATERAL CARDIOTRAUMA ALBANOS
Banner Lateral – Central papelaria
Banner lateral – New Motos Honda
Banner Lateral – Casa do Automóvel